xmotos-2B85porcento

Escuderia X busca manter 85% de desempenho no Brasileiro de Motocross

Estatísticas revelam domínio de Jetro Salazar e Davis Guimarães nas classes MX1 e MX3, respectivamente

Fonte: X Motos do Brasil
A etapa de Limeira, São Paulo, neste fim de semana, 13 e 14 de setembro, marca o início da segunda e decisiva fase da temporada 2014 do Brasileiro de Motocross. A Escuderia X chega ao interior paulista liderando as categorias MX1 e MX3. Em ambas as classes, os aproveitamentos dos pilotos do time da X Motos do Brasil estão acima de 85%.
“Estes números expressam a consistência da equipe em duas classes extremamente competitivas do campeonato nacional. A regularidade de nossos pilotos é o ponto forte da Escuderia X”, afirma Cale Neto, chefe de equipe. “Nas quatro etapas anteriores, Jetro Salazar e Davis Guimarães subiram ao pódio em todas”, completa.

Jetro Salazar soma 171 dos 200 pontos disputados pela MX1 nas quatro etapas do Brasileiro de Motocross realizadas nesta temporada, um aproveitamento de 85,5%. O piloto foi terceiro lugar nas etapas de Pedra Bonita e Campo Grande. Em Três Lagoas, na abertura do campeonato, Jetro conquistou o segundo lugar e em Canelinha, Santa Catarina, ele venceu a etapa.

“Ser consistente no Brasileiro de Motocross é algo muito difícil, pois há dez pilotos muito fortes que a cada etapa brigam por estar entre os cinco primeiros”, avalia Jet. “Por isto, estou feliz com meu desempenho. Mas, sei que até o fim do campeonato terei que trabalhar duro”, aponta. “Esta etapa em Limeira pode deixar qualquer piloto mais próximo do sucesso ou do fracasso. Para mim, ela é decisiva”, define Jetro Salazar.

Na MX3, o aproveitamento de Davis Guimarães é de 93%, ao ter conquistado 93 pontos dos 100 disputados até o momento. O piloto da Escuderia X venceu três das quatro etapas – Três Lagoas, Canelinha e Campo Grande – e foi quarto lugar em Pedra Bonita. “Venho trabalhando conforme meus objetivos e tenho avançado degrau a degrau em busca do título do campeonato. A vitória se constrói com muito esforço e dedicação”, determina Davis Guimarães.

Na MX2, Pepê Bueno parte em busca de um pódio na temporada. Ele esteve muito próximo de conquistar este objetivo em Canelinha. Em Campo Grande, entretanto, Bueno sofreu com quedas que lhe comprometeram seu desempenho. Mauriti Junior ficou em Curitiba se preparando para as etapas do Paranaense de Motocross. Léo Almeida, na Junior, procura subir na classificação geral e, para isto, espera conquistar um lugar no pódio em Limeira.

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *