luciano-2Brobodino-2Bargentino

Quatro primeiras etapas do Moto 1000 GP revelam 13 vencedores em 16 corridas

Luciano Ribodino

Categorias GP 1000 e GP Light mantêm rotatividade no degrau mais alto do pódio do Campeonato Brasileiro de Moto velocidade

Fonte: Grelak Comunicação.
A primeira metade da temporada de 2014 do Moto 1000 GP teve entre seus pontos de destaque o equilíbrio entre pilotos e equipes. A homogeneidade proposta pelos regulamentos técnico e desportivo do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade torna-se explícita já a partir da observação da estatística mais evidente: nas 16 corridas que compuseram as quatro etapas, o grupo de pilotos que conquistaram vitórias acolheu 13 nomes.
Categoria principal da competição, a GP 1000 apresentou vencedores de quatro nacionalidades nas quatro primeiras etapas. A temporada começou com vitória do francês Matthieu Lussiana, da Petronas Alex Barros Racing, sob chuva em Santa Cruz do Sul (RS). As duas etapas seguintes tiveram pilotos da JC Racing Team no topo do pódio – o norte-americano Danny Eslick em São Paulo (SP) e o argentino Diego Pierluigi em Brasília (DF).

A quarta etapa, que marcou o término da primeira metade do Brasileiro de Motovelocidade no domingo (31) em Cascavel (PR), registrou sob chuva forte a primeira vitória do brasileiro Wesley Gutierrez no Moto 1000 GP. O paranaense defende a Motonil Motors-PDV Brasil e é vice-líder com 64 pontos, quatro a menos que Lussiana. Em terceiro aparece o português Miguel Praia, da Center Moto Racing Team, com 55 pontos.

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *