damian-dostremau

Moto 1000 GP vice-presidente da Michelin para a América do Sul avalia presença da marca no campeonato.

Damian Destremau

Damian Destremau acompanhou etapa em Cascavel e falou sobre a parceria da fábrica francesa de pneus com o Campeonato Brasileiro de Moto velocidade.

Fonte: Grelak Comunicação

O vice-presidente da Michelin para a América do Sul, diretor geral de pneus para carros, caminhonetes e motos, Damian Destremau esteve presente à quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, realizada em Cascavel (PR) no último domingo (25). Ele falou sobre a participação da marca no segmento esportivo ao associar-se com Moto 1000 GP. Para Destremau, a evolução do mercado de pneus para motos é também reflexo da visibilidade da marca em eventos esportivos.
“A estratégia da marca no Brasil é agressiva. Penso que isso se reflete também na atuação de eventos como o Moto 1000 GP”, acredita. “Tenho certeza que a motovelocidade ajuda na propagação de uma marca. Grande parte dos motociclistas já sonhou em ser piloto, o fato de eles enxergarem a Michelin em eventos de nível como esse, fortalece a marca”, ele continua.

A internacionalização do Moto 1000 GP, ainda observa Destremau, agrega valor à parceria da empresa francesa com a competição brasileira. “O Moto 1000 GP está chegando num bom nível internacional. A presença de vários pilotos sul-americanos e europeus valoriza o campeonato. Significa que todos estão de olho nas corridas no Brasil, algo muito positivo. Há 40 anos, atuamos com pneus de carga, segmento onde temos a liderança, buscamos agora conquistar o mercado brasileiro em carros e motos”. Finaliza.

A próxima etapa do Moto 1000 GP, válida pela quinta etapa do Campeonato Brasileiro e pela terceira etapa do Campeonato Paulista de Motovelocidade, acontecerá no dia 22 de setembro, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo. Todas as motocicletas do Moto 1000 GP utilizam como combustível a gasolina Petrobras Podium e como lubrificante o Lubrax Tecno Moto. Petrobras e Lubrax patrocinam a competição ao lado da BMW Motorrad e da Michelin, que fornece seus pneus de competição a todas as equipes. O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade tem o apoio de Beta Ferramentas, BMW Serviços Financeiros, Servitec, LeoVince, Shoei, Tutto Moto, HPN, Denko e Peterlongo.

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *