can-am

Equipe Can-Am conquista quarta vitória consecutiva entre os UTVs do Rally dos Sertões

Carlo Collet e Marcos Lara são destaques na maioria das especiais do roteiro, que nesta quarta-feira incluiu o percurso mais longo da prova passando pelo Jalapão.

Fonte: MundoPress

A equipe Can-Am conquistou nesta quarta-feira a quarta vitória consecutiva entre os UTVs do Rally dos Sertões. De acordo com os resultados extra-oficiais, o piloto Carlo Collet e o navegador Marcos Lara deram show na sétima etapa, que teve as quilometragens mais longas do roteiro (746 quilômetros de percurso, sendo 514 de especiais) e largada e chegada em Palmas (TO). O dia incluiu a passagem pelo inóspito Jalapão, no Tocantins, região de solo arenoso e altas temperaturas.

“Ganhamos a maioria das especiais, foram cinco vitórias até agora”, lembrou Collet, contabilizando o resultado do prólogo, válido como primeira etapa da disputa. “A especial de hoje foi bastante dura e longa, estava muito quente no Jalapão. O desafio foi andar rápido sem forçar o equipamento e deu tudo certo”, contou Collet, que pilota o novíssimo Can-Am Maverick. “Cheguei há pouco no acampamento e estou tão cansado que ainda não consegui nem ir tomar banho”, contou o competidor, com bom humor.

A três etapas da linha de chegada em Goiânia (GO), no sábado, Collet pretende seguir vencendo. “Vamos trabalhar para fechar o rali com mais três vitórias. Amanhã será outro dia longo e espero que continue tudo perfeito”, concluiu. A dupla está em terceiro lugar na classificação geral dos UTVs, atrás do Can-Am Commander de Rodrigo Varela e João Arena.

A oitava etapa retorna ao Estado de Goiás para a cidade de Minaçu, com 666 quilômetros de percurso (333 de especiais). O dia começará cedo e com longo deslocamento em asfalto. A especial será marcada em sua metade por altas velocidades em piso de cascalho. A Serra da Mulher que Chora quebra esse ritmo e impõe cautela aos pilotos nos últimos 160 quilômetros do roteiro, cuja visibilidade ficará prejudicada com grossas cortinas de poeira.

Quadriciclos – A bordo do Can-Am Renegade 800, o argentino Daniel Mazzuco foi o sexto colocado do dia, atrás de Mohamed Abu-Issa, do Catar, que encara o Sertões com o mesmo veículo. Assim, Mazzuco segue na quarta posição na classificação geral da categoria. Ernesto Jun teve problemas no caminho e não completou a etapa no tempo permitido.

O Rally dos Sertões possui 10 etapas, contabilizando 4.115 quilômetros no total (2.488 de especiais). O evento é válido pelo Campeonato Mundial de Rally Cross Country para motos e quadriciclos, incluindo ainda carros e caminhões.

  UTVs
Resultados 7ª etapa (extra-oficiais)
1º – CARLO COLLET/MARCOS GOUVEA – 07:28:43 – Can-Am Maverick
3º – RODRIGO VARELA/JOAO ARENA – 08:07:13 – Can-Am Commander

Resultados acumulados (extra-oficiais)
1º – BRUNO SPERANCINI /LOURIVAL ROLDAN – 27:22:07
2º – RODRIGO VARELA/JOAO ARENA – 28:31:27 – Can-Am Commander
3º – CARLO COLLET/MARCOS GOUVEA – 37:06:59 – Can-Am Maverick

Quadris
Resultados 7ª etapa (extra-oficiais)
1º – ROBERT NAHAS – 07:15:56
5º – MOHAMED ABU-ISSA – 08:25:12 – Can-Am Renegade 800
6º – DANIEL MAZZUCCO – 08:30:48 – Can-Am Renegade 800

Resultados acumulados (extra-oficiais)
1º – ROBERT NAHAS – 25:29:59
4º – DANIEL MAZZUCCO – 28:49:46 – Can-Am Renegade 800
6º – MOHAMED ABU-ISSA – 30:27:17 – Can-Am Renegade 800

Programação – 21ª edição do Rally dos Sertões 2013*
8ª etapa – 01/08, quinta-feira
Palmas (TO) / Minaçu (GO)
DI: 312 km
TE: 333 km
DF: 20 km
TOTAL: 666 km

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *