racing-s-C3-A3o-paulo

RACING FESTIVAL – Traçado de Interlagos empolga pilotos da R1 GP1000

Considerado o circuito mais importante do Brasil, Interlagos recebe neste fim de semana (18 e 19), pela primeira vez a 4ª etapa da R1 GP1000.
O mais experiente do grid, Adilson Cajuru, revela que a grande expectativa entre os pilotos tem sido como será o desempenho da moto original no traçado. “Todos já andamos com motos de 1000cc em Interlagos, porém com motocicletas adaptadas com equipamentos de alta performance. A R1 original tem nos surpreendido bastante, virando tempos excelentes como aconteceu com Diego Pretel na última etapa. Esperamos que ela se mostre ainda mais rápida em São Paulo”, explica o veterano. Na ocasião citada por Cajuru, Diego Pretel cravou a melhor volta em 1:23.438s no treino classificatório em Curitiba, conquistando a pole position.

Com as melhores condições possíveis em toda a infra-estrutura e agradando todos os estilos de pilotagem, a etapa do final de semana deve ser a mais equilibrada, segundo o goiano Cristiano Vieira. “Acredito que não haverá grandes diferenças entre os tempos dos primeiros e os pelotões de trás. Todos os pilotos conhecem bem Interlagos, a pista é um modelo e o asfalto tem muita aderência. A R1 também já mostrou que é uma moto ótima para corrida, mesmo original. A parte eletrônica dela tem nos permitido fazer o acerto fácil e junto com todas as condições que vamos encontrar no final de semana, tem tudo para ser uma grande corrida”, avalia.
Satisfeito com o desempenho que vem tendo com a R1, o líder do campeonato Diego Pretel concorda com os adversários sobre a motocicleta e está confiante nos resultados. “A moto vem nos surpreendendo a cada etapa e acredito que não será diferente em Interlagos. Acho que se destacará principalmente nas curvas devido seu controle de tração. Os tempos devem virar tão bons quanto em Curitiba (PR)”, conclui.

O Autódromo de Interlagos é considerado um circuito rápido, com 15 curvas a maioria de alta velocidade, porém o segundo mais longos da temporada, com 4.309 metros de extensão. “O traçado mais longo cansa mais, mas considerando que Interlagos não é travado permite que o piloto tenha um descanso maior. Treinamos na academia para preparar o corpo, mas é muito importante que piloto treine bastante com a moto, para ter um rendimento físico melhor. Com a união dos dois treinos teremos os melhores resultados. O clima paulistano também é bem agradável e isso favorece”, destaca Guga Folheto.

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *