riva-150

Dafra lança oficialmente a Riva 150 no Brasil. A briga vai ficar boa.

A expectativa é comercializar 18 mil unidades da Riva no primeiro ano, ao valor de r$ 4.990,00. 

Fonte: Fenabrave
Comentário: Nilson Silva
Apresentado oficialmente ao público no último Salão Duas Rodas, o modelo DAFRA Riva chegou ontem (02), em toda a rede de concessionárias DAFRA. O modelo foi lançado no país a partir da parceria estratégica da empresa brasileira com a chinesa Haojue, uma das maiores fabricantes mundiais de motocicletas.

“Buscamos desde o lançamento da DAFRA trazer mais opções ao mercado brasileiro, sempre com inovação. A Riva 150 é uma motocicleta que tem tudo para ser um sucesso, pois alia muito bem o design moderno, bonito e diferente do que há hoje à disposição do consumidor, com uma mecânica confiável e durável. Ela é uma motocicleta que tem um custo-benefício alto e ainda por cima é confortável. Com tudo isso, mais o preço que é muito competitivo, ela tem tudo para agradar em cheio o motociclista brasileiro”, explica Francisco Stefanelli, vice-presidente da DAFRA.

Segundo ele, a expectativa é comercializar 18 mil unidades da Riva no primeiro ano. “Acreditamos muito nesse produto, que entra para complementar nossa linha de motos street. Hoje oferecemos um modelo para cada perfil de consumidor e temos certeza de que a Riva vai atender a uma grande parcela da população que busca um veículo de transporte ágil e econômico como a motocicleta, mas também que proporciona conforto ao usuário. Sem contar o visual super moderno”.

Investindo no principal segmento no País, a DAFRA lança mais uma opção na categoria street: a Riva 150, segundo modelo da parceria com a Haojue, um dos maiores fabricantes mundiais de motocicletas. Completa de fábrica, com rodas de liga leve aro 18”, freio dianteiro a disco, partida elétrica e a pedal, e apresentando um dos pacotes de peças de reposição mais econômicos do segmento, tem como características um visual moderno, com linhas marcantes e robustas, e muito conforto, sendo ideal para o uso diário ou mais severo, como moto-frete.

A Riva 150 conta com motor de 149,4 cm3, OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, quatro tempos e arrefecido a ar. Resistente e durável, apresenta potência de 12,1 cv a 8.250 rpm e torque máximo de 10,9 N.m a 6.600 rpm. Este conjunto propulsor agregado ao sistema de transmissão de cinco velocidades oferece acionamento preciso e macio, resultando em acelerações progressivas e lineares.

Dentre tantos atributos, o modelo possui, ainda, trava de capacete, pedaleiras do piloto e passageiro retráteis e ainda sensor de acionamento da embreagem interligado ao sistema de partida, o que evita a partida do motor com a moto engrenada.

Além disso, a nova Riva 150 conta com diversos componentes nacionais, como chassi que tem como atributo principal a resistência a torções, mantendo boa ciclística com agilidade e estabilidade em manobras urbanas, retrovisores, pneus Pirelli City Demon, piscas, componentes de freio, bateria, relação secundária, entre outros.
 A Riva 150 já está disposição em toda a rede de concessionárias DAFRA nas cores pérola, preta e vermelha.

Nosso comentário: A Dafra está demonstrando um grande jogo de cintura. Tem feito parcerias excepcionais e popularizado para o mercado brasileiros produtos nem sonhava em ter contato, como as motos BMW e as superesportivas MV Agusta. Na Salão Duas Rodas do ano passado vimos o protótipo da Riva e outros 2 projetos,  que se forem mesmo levados á cabo vão revolucionar o segmento de motos Street de até 250 cc. Mas tenho uma impressão, um forte pressentimento que esta Chinesinha mesmo desprovida de atributos tecnológicos importantes como injeção eletrônica, vai canibalizar a Speed 150, que cuja produção já está a passos de tartaruga, passando de 930 unidades em janeiro de 2011, para 558 unidades em dezembro do mesmo ano. É esperar um pouquinho só pra ver.
Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *