moto-pai

Kasinski lança Comet 150/ 2011.

Texto: Nilson Silva.
Fotos: Kasisnki Fabricadora

Vida de blogueiro de motos não é fácil!
A gente tenta, corre atrás, procura daqui, procura dali, para postar algo realmente novo e interessante para publicar… e no entanto muitos segmentos do mundo das duas rodas nos ignoram solenemente. Como exemplo posso citar as inúmeras vezes em que tentamos contato com a assessoria de imprensa da Kasinski/CR Zongshen, inclusive efetuando o devido cadastro para que nos mandassem  release ou pelo menos um news leter e nada!!!!
Mas não é por isso que vamos sentar, ficar “amoados” e  lamentando. Tem novidade boa desta montadora no mercado. E nosso propósito é sempre divulgar as boas novas. Portanto com vocês… a nova Kasinski Comet 150, que vem para competir no disputadíssimo seguimento das 150cc street, moto de trabalho e passeio. (lembramos que a moto mais vendida no Brasil nos últimos 3 meses é a Titan 150 da Honda).
Os principais diferenciais do novo lançamento são a Tecnologia Piaggio-Zongshen, com um balanceador no motor de 149,4 cc que reduz a vibração e consequentemente proporciona mais conforto na pilotagem. O farol é grande, mas faz lembrar um brasão e tem fileiras de leds. Possui ainda rodas de liga leve, freio a disco na dianteira, painel de instrumentos digital e protetor integral de corrente de transmissão.
Porém o pode fazer o concorrência tremer não é novo garoto-propaganda da marca (Rodrigo Faro), mas sim os três anos de garantia, a assistência 24 horas e o seguro total inclusos.
Vamos aos dados técnicos: Motor monocilindrico 149 cc, 12,9cv a 8.000 RPM. Freio: Disco na frente e tambor na traseira. Suspensão traseira: Bi choque. Rodas: liga leve  aro 18 “. Alimentação: ainda o velho carburador (dizem que é para ter preço competitivo). Cores: Prata, preto e vermelho. Finalmente uma coisa apaixononte para nós: um lindo tanque de 18,5 litros. O preço sugerido  é de r$ 5.790,00 mais frete .

Nosso comentário: A Kasinski tem planos ambiosos para o Mercado Nacional e está mostrando que não está para brincadeira. Já é a quinta marca de motocicleta mais vendida segundo a Federação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotor, a FENABRAVE. Quanto á moto propriamente dita, penso que os chineses darão muito trabalho para os líderes desse seguimento (Honda e Yamaha) e nós consumidores teremos mais a ganhar com maior competitividade do mercado.

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *